Programação MSMN 2020

 

8h45 – 9h30

Adaptação de microserviços em tempo de execução

Adalberto Ribeiro Sampaio Junior

Resumo: Os microsserviços se tornaram um padrão popular para implantar a lógica de aplicaçōes em larga escala em grandes empresas como Netflix, Uber e Amazon. Uma vantagem de usar microsserviços é fraco acoplamento entre componentes, o que leva a uma evolução ágil e rápida da aplicação. No entanto, os desenvolvedores têm a tarefa de gerenciar essa evolução e, em grande parte, fazem isso manualmente, coletando e avaliando continuamente comportamentos de serviço de baixo nível. Isso é tedioso, sujeito a erros e lento. Nesta palestra será apresentada técnicas e ferramentas para realizar esse processo de evolução automaticamente. Essa abordagem automática pode ajudar os engenheiros a gerenciar trade-off durante atualizações de serviço, evolução arquitetônica e mudanças na implantação das aplicaçōes e reduzir custos na manutençāo de sua aplicações.

9h45 – 10h30

Configuração, Desenvolvimento e Manutenção de Sistemas com Mineração de Dados

Ole Peter Smith

Resumo: Configuração e manutenção de servidores open source para hospedagem de sistemas de informação: Debian, PHP, MySQL/Postgres e LaTeX. Backup usando o CLI do banco de dados e rsync. Desenvolvimento e manutenção do código do sistema. Systems administration e scripts. Internacionalização e externalização de mensagens e componentes textuais do sistema. Abstração do fonte de dados. Extensão para mais do que um fonte de dados. Web services, cURL e JSON. O desenvolvimento da palestra baseia-se num relato de 10 anos do desenvolvimento de SiDS, um sistema para distribuição de salas, utilizado pela UFG. SiDS, hoje, mina os dados do SIGAA, um sistema desenvolvido na UFRN e adotado por mais do que 10 UFs brasileiros. Processo de desenvolvimento do interface disponibilizando os dados do SIGAA via Web Services em colaboração com os técnicos do CERCOMP/UFG. Caso há interesse na plateia, podemos também abordar o uso do LaTeX para geração de relatórios imprimíveis de sistemas de informação.

10h45 – 12h15

Curso Prático de Expressões Regulares

Júlio Cezar Neves (Papai do Shell)

Resumo: As Expressões Regulares são usadas em todas as linguagens atuais e em todos os bons editores. São ferramentas poderosíssimas que auxiliam sobremaneira à programação, encurtando o tempo necessário para desenvolvimento de aplicativos. Este curso será executado em ambiente Shell e para tal, além de Expressões Regulares, o palestrante também dará boas dicas sobre as instruções sed e grep. Ao final, o participante terá capacidade de pesquisar, alterar valores e criticar dados de arquivos via linha de programação, sendo isso tudo feito, claro, em somente uma linha de código. 8^)

13h30 – 14h15

Hiperconvergência – Projeto viável e case de sucesso.

Bruno Emanuel Andrade Silva

Resumo: Serão apresentados comparativos de custo e vantagens de uso de ferramentas que geram clusters de servidores para provimento de micro e macro serviços, provendo alta disponibilidade e agilidade na gestão dos recursos.

14h30 – 15h15

O time, a comunicação e a arquitetura. É realmente você quem define sua arquitetura?

Marcélio Leal

Resumo: Arquiteturas modernas e microserviços têm ajudado empresas a mudarem mercados inteiros. É nesse contexto que cada vez mais organizações entendem que não há mais espaço para a escolha entre a otimização de estabilidade ou de velocidade. Como diz Matthew Skelton no livro Team Topologies: “Organizações modernas de tecnologia devem operar e entregar sistemas rapidamente e de forma segura, enquanto simultaneamente crescem e se adaptam as mudanças e pressões de negócio”. Porém, não são só os requisitos funcionais ou não-funcionais que definem a arquitetura, fatores como comunicação, estrutura e time têm tanto ou mais influência nessa definição, como a lei de Conway já postulava desde de 1967. Esta palestra passa por fatores teóricos e práticos que vão influênciar diretamente na construção de arquiteturas de alto nível, trazendo diferentes abordagens que podem enriquecer o conjunto de ferramentas de times técnicos.

15h30 – 16h15

APIs === HTTP + PHP + Mezzio!

Er Galvão Abbott

Resumo: Nesta palestra veremos por que o protocolo HTTP, a linguagem PHP e o Framework Mezzio são as melhores opções para o desenvolvimento de APIs. Será demonstrado um exemplo prático de API que pode ser desenvolvido em poucos minutos, demonstrando a força do Framework Mezzio para o desenvolvimento de APIs.

16h30 – 17h15

Turbinando microsserviços em PHP

Flávio Lisboa

Resumo: Esta palestra irá mostrar como criar uma arquitetura de uma aplicação para microsserviços em PHP usando o microframework Mezzio. Para tanto, será apresentado um estudo de caso de uma aplicação PHP baseada em microsserviços, construída para um ambiente distribuído usando Kubernetes. O estudo de caso mostrará como microframework Mezzio facilita a construção de microsserviços a partir do conceito de middleware”. Serão apresentados ainda extensões para o Mezzio e seu uso combinado ao framework Swoole.

Programação sujeita a alterações